Imprensa

Cientista do InnovPlantProtect é Embaixadora do My Green Lab

Cientista do InnovPlantProtect é Embaixadora do My Green Lab

Empenhado na implementação de práticas mais sustentáveis, o novo Laboratório Colaborativo InnovPlantProtect, em Elvas, já tem a sua primeira cientista certificada como Embaixadora da organização internacional My Green Lab.

Super-alimentos funcionais. O admirável mundo novo da agricultura do futuro

Super-alimentos funcionais. O admirável mundo novo da agricultura do futuro

Em Portugal, estão a ser dados os primeiros passos para fazer investigação na área de pragas e doenças com a tecnologia RNAi. Pedro Fevereiro revela ao ZAP que está “em fase de montagem” um “laboratório colaborativo” em Elvas, nas instalações da antiga Estação de Melhoramento de Plantas, com a intervenção de entidades privadas e públicas

A ameaça da ferrugem amarela ao trigo nacional

A ameaça da ferrugem amarela ao trigo nacional

Por se encontrar numa zona de alto risco às alterações climáticas, toda a bacia mediterrânica, Portugal incluído, sofre já dos impactos de pragas e doenças vegetais mais agressivas e mais difíceis de combater. É o caso da ferrugem amarela do trigo, cuja evolução originou raças adaptadas a temperaturas mais elevadas. Esta doença afeta o trigo em diversos países e põe em causa o futuro e a estabilidade das culturas cerealíferas portuguesas.

Salvos pelo genoma

Salvos pelo genoma

O que têm em comum a ferrugem amalela no trigo, a Xylella fastidiosa na oliveira e a piriculariose no arroz? Estas doenças foram escolhidas pelo recém-criado Laboratório Colaborativo InnovPlantProtect para desenvolver variedades de plantas resistentes a pragas e doenças a partir da utilização de CRISPR-Cas9, uma tecnologia de edição do genoma.

Nature destaca trabalho de cientista do InPP

Nature destaca trabalho de cientista do InPP

A investigadora portuguesa Cristina Azevedo, diretora do departamento de Biopesticidas do InnovPlantProtect (InPP), um novo Laboratório Colaborativo sedeado em Elvas, é uma percursora da redução de utilização de plásticos nos laboratórios de investigação.

Trabalho de investigadora portuguesa para tornar laboratórios de investigação mais “verdes” em destaque

Trabalho de investigadora portuguesa para tornar laboratórios de investigação mais “verdes” em destaque

A investigadora portuguesa Cristina Azevedo, diretora do departamento de Biopesticidas do InnovPlantProtect, um novo Laboratório Colaborativo sedeado em Elvas, é uma percursora da redução de utilização de plásticos nos laboratórios de investigação. Esse feito não passou despercebido à revista Nature, que na sua edição 581 (maio), evidencia o esforço de Cristina Azevedo e de outros cientistas na procura de alternativas ao plástico nos laboratórios.

Revista Nature destaca trabalho de cientista portuguesa para tornar laboratórios de investigação mais “verdes

Revista Nature destaca trabalho de cientista portuguesa para tornar laboratórios de investigação mais “verdes

A investigadora portuguesa Cristina Azevedo, diretora do departamento de Biopesticidas do InnovPlantProtect, um novo Laboratório Colaborativo sedeado em Elvas, é uma percursora da redução de utilização de plásticos nos laboratórios de investigação. Esse feito não passou despercebido à revista Nature, que na sua edição 581 (maio), evidencia o esforço de Cristina Azevedo e de outros cientistas na procura de alternativas ao plástico nos laboratórios.

pt
en fr de it pt es