A palavra aos castanheiros: educar para os conhecer, proteger e monitorizar através da tecnologia IoT

BACKGROUND

Em abril de 2021, o Fundo Ambiental abriu um concurso no âmbito da ENEA 2020 para apoiar projetos que tivessem como objetivos genéricos:

1. Valorizar o território – dando prossecução à Estratégia Nacional de Educação Ambiental (ENEA 2020)

2. Aumentar a visibilidade e perceção pública do valor do património natural e dos serviços de ecossistemas – contribuindo para o objetivo 1.10 da Estratégia Nacional de Conservação da Natureza e Biodiversidade 2030 (ENCNB 2030)

A plena articulação entre a ENEA 2020 e a ENCNB 2030 pretende fomentar uma cultura cívica que considere estes dois objetivos e promova a apropriação dos valores deste capital pela sociedade.

SINOPSE

O InnovPlantProtect (InPP) foi um dos vencedores, com o projeto “A palavra aos castanheiros: educar para os conhecer, proteger e monitorizar através da tecnologia IoT”, que consiste na aplicação de um programa experimental e inovador de educação ambiental.

Este piloto destina-se a produtores de castanha (pertencentes à associação CastCoa – Associação de Produtores de Castanha do Coa), à Câmara Municipal do Sabugal (CMS) e aos estudantes finalistas do ensino secundário do concelho, prestes a escolherem a sua futura profissão.

Os produtores enfrentam o desafio de obter informação atempada que lhes permita atuar em matéria de gestão. O Município também precisa de informação para tomar decisões políticas de âmbito ambiental, e programar a salvaguarda e a valorização dos recursos locais a longo prazo.

Os alunos do 12º ano, que poderão ser a próxima geração de produtores de castanha, ficarão a conhecer a importância do castanheiro, inspirados pela conciliação entre tecnologia e conceitos de sustentabilidade, e aprenderão a cuidar deste património natural.

OBJETIVOS

O projeto centra-se nos castanheiros como capital natural local, incidindo no modo como as árvores respondem às mudanças no ambiente natural circundante e às pressões antropogénicas – e como estas podem prejudicar a saúde dos soutos.

A principal novidade do programa educativo é a aplicação da tecnologia digital 4.0, baseada na “Internet das Coisas” (IoT, do inglês Internet of Things), para apoiar e agregar valor aos métodos tradicionais de ensino.

Serão as árvores a comunicar o seu estado de saúde, graças aos sensores TreeTalker, criados pela empresa italiana Nature 4.0. Instalados à volta do tronco, os sensores irão analisar o consumo de água dos castanheiros (através do fluxo de seiva), o crescimento da biomassa (diâmetro), a humidade do caule, a radiação solar absorvida e o estado de saúde das folhas através de índices espectrais (reflexão da luz).

ATIVIDADES

O projeto incluiu as seguintes atividades:

1. Curso de Formação pela Nature 4.0 sobre o funcionamento e instalação dos TreeTalkers. À formação seguiu-se a instalação de 20 sensores em duas áreas de estudo.

2. Apresentações sobre a biologia do castanheiro, o papel dos sensores IoT como ferramentas de monitorização da saúde das árvores e os serviços de ecossistemas proporcionados pelos castanheiros. Às apresentações seguiu-se uma série de atividades numa das áreas de estudo, destinadas a dar aos alunos a oportunidade de “calçar os sapatos” dos investigadores por um dia.

3. Seminário sobre o progresso da ciência em matéria de soluções para limitar o impacto negativo das principais pragas e doenças do castanheiro. Incluiu uma descrição das melhores práticas de gestão do souto e do castanheiro como capital natural.

Todos os RECURSOS (vídeos, apresentações e outros materiais) produzidos ao longo deste projeto estarão disponíveis para download.

EQUIPA

(Da esquerda para a direita, de cima para baixo) Daniel Pereira, iLaria Marengo, Renato Zompanti, Emanuel Figueiredo, Márcio Almeida, Gabriel Ambrósio, Manuel Simões

ORGANIZAÇÕES ENVOLVIDAS

Equipa

Member
Position
Líder de projeto, InPP
Investigador, InPP
Investigador, InPP
Alberto Barata
Técnico Superior, CMS
António Emanuel Figueiredo
Assistente Técnico, CMS
Daniel Pereira
Assistente Operacional, CMS
Renato Zompanti
Nature 4.0, formador
Moov Videos, fotógrafo/ videógrafo